segunda-feira, 11 de novembro de 2013

O meu corpo é templo do Espírito Santo (1Cor 6, 15)

Este mês é mesmo um mês muito especial, além de anteceder o mês do nascimento do menino Jesus ainda veremos ações importantes na igreja para promover em toda a sociedade uma reavaliação de comportamentos direcionados às crianças. Nossos pequenos estão sendo muitas vezes tratados como objetos e sem nenhum respeito. Precisamos mostrar a eles o quanto eles são importantes e que eles devem seguir o Espírito Santo – somente Nele devemos colocar nossas expectativas, assim não vamos nos decepcionar! A Nilza, nossa coordenadora estadual do Ministério para Crianças nos enviou uma sugestão de pregação da Diocese Itabira-Cel. Fabriciano para fazermos em nosso Grupinho nesta semana e eu achei bem adequada a toda a realidade que vivenciamos. Precisamos mostrar às nossas crianças a importância de serem “templo do Espírito Santo” (1Cor. 6, 15) e se o somos não podemos deixar que pessoas conhecidas ou desconhecidas violem nosso caráter, nossa castidade, todo nosso ser... Ser templo divino implica em ser pedra viva com a qual se constrói a igreja (§Cat 1197), ajude as crianças de seu grupinho a ser esta pedra, por isso ao se preparar para este encontro sugiro que faça leituras sobre este tema. Busque na Bíblia e no Catecismo da Igreja católica as orientações que precisa, eles darão a você suporte para falar com segurança sobre a importância de  serem “templos Santo”!
Sugestão de leituras no Catecismo da Igreja Católica:
Parágrafos: 364, 365, 366, 1197
Não deixe de se preparar, Deus conta com seu compromisso!!


TEMA: O meu corpo é templo do Espírito Santo (1Cor 6, 15)
Reflexão: Redução da violência infantil é tema do Dia de Oração pela Criança
Rádio Vaticano
“Promover o bem-estar de crianças por meio da oração e da ação para reduzir a violência em todo o mundo". Este é o principal objetivo do Dia Mundial de Oração e Ação pelas Crianças, comemorado no dia 20 de novembro.
A data marca também o Dia Universal da Criança, que foi instituída pelas Nações Unidas em 1954, e o aniversário da adoção da Convenção da ONU sobre os Direitos da Infância e da Adolescência (CRC), de 1989.
Desde 2009, o dia 20 de novembro é a ocasião em que organizações seculares e religiosas se reúnem para acabar com a violência contra as crianças. A iniciativa é promovida pela Rede Global das Religiões pela Infância (GNRC), com o apoio de Arigatou International.
De acordo com o Presidente do Secretariado Mundial do Dia de Oração e Ação pela Criança, Kul Chandra Gautam, acabar com a violência contra as crianças é o imperativo moral mais urgente.
O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), em nível mundial e no Brasil, em particular, tem uma longa história de trabalho com comunidades religiosas de todos os segmentos e crenças e com tradições indígenas em uma ampla gama de questões que afetam as crianças e os adolescentes.
Em todo o país, estão sendo programadas atividades para a semana do dia 20 de novembro, para marcar o Dia de Oração e Ação pela Criança e convidar as comunidades a refletirem sobre a situação da infância.
Essas atividades são organizadas por diversas igrejas, pastorais, entidades religiosas, da sociedade civil e do poder público. No Brasil, a Pastoral da Criança é uma das apoiadoras da iniciativa.
ORAÇÃO INICIAL: Acolha as crianças com muita alegria, falando como elas são muito importantes para o Papai do céu. Mostre também que elas são bem vindas e que você se importa com elas. Pergunte como foi sua semana, as ouça um pouco... Convide-as a ficar de pé e cante músicas alegres. Há músicas que interagem, é bom que elas se cumprimentem e se toquem. Pode se cantar para iniciar: sinal da cruz é o sinal do cristão, boa noite como vai você,... Se houver tempo, reze o terço do Menino Jesus.

EFUSÃO: Sabe crianças, o Espírito Santo nos acompanha desde o dia do nosso Batismo, neste dia ao sermos batizados nunca mais ficaremos sozinho, Ele habitará em nós e nos acompanhará nos ajudando a enfrentar as dificuldades do nosso dia a dia. Olhem este fogo aceso (mostre a vela acesa), quando estamos com algum problema, às vezes a vovó está doente, o papai brigando muito com a mamãe, o irmão implicando muito com você, enfim, quando algo não está bem sentimos como se um fogo nos queimasse, se colocarmos a mão no fogo vamos nos machucar, não é mesmo??!! Assim é
nosso dia a dia, sempre muito tumultuado, cheio de dificuldades... Acontece que se não vamos a missa, não rezamos diariamente, quem aqui reza antes de dormir?? Pois é, nosso canal de comunicação com Deus é a oração, e quem não está ligando pra Ele através da oração fica como este balão (mostrar o balão cheio de ar), vazio. Dentro dele tem alguma coisa? (passe o balão de mão em mão e peça que as crianças vejam o quanto ele está vazio, sem nada dentro...) Ficamos vazios sem a presença de Deus em nós. E o pior é que se algum problema acontecer conosco, aqueles que falamos no início da vovó doente, papai e mamãe brigando, professora brava... Acabamos explodindo (chegue o balão no fogo e ele vai estourar). Quem está vazio, sem Deus explode mesmo, perde a cabeça, chora, briga, fala mal...
Mas quem está cheio de Deus, cheio do Espírito Santo é diferente: segurem este balão agora (o cheio de água) – ele é mais firme, tem um peso considerável porque ele está cheio de água. Precisamos desejar estar cheios de uma água viva, cheios do Espírito Santo, assim quando as dificuldades chegarem ou quando alguém próximo a nós passar por alguma dificuldade saberemos agir conforme a vontade de Deus. O espírito Santo de Deus nos ajuda a sermos melhores! O que vocês acham que acontece se eu encostar o balão cheio de água no fogo? (elas vão dizer que ele vai estourar, mas ao contrário disto, ele não estoura, ele suja por fora com a fumaça, mas não estoura) Se ele não estourar, prometem que a partir de hoje sempre, todos os dias vocês vão pedir o Espírito Santo para ficar com vocês e orienta-los em todas as circunstancias? Então vejam! (chegue o balão cheio d´água no fogo) Ele não estoura! A água o deixa mais forte, assim como o Espírito Santo nos deixa forte! Prontos para enfrentar toda e qualquer situação e ainda nos ajuda a nos conhecer melhor, a olhar pra cada um de nós e entender o quanto somos capazes de ajudar os outros e buscar todos os dias a sermos melhores! Coloque a mão no seu coração, peça ao Espírito Santo algo, o que você precisa? O que você quer pedir ao Espírito Santo? “eu quero ser mais forte, mais corajoso, mais alegre, mais obediente.... Transforma minha casa, enchendo-a de amor e carinho, preenche minha vida com paz, alegria... Cante uma música: “vem, vem, vem, Espírito Santo, transforma minha vida, quero renascer....”  
PREGAÇÃO: Todo o cristão é chamado à perfeição da santidade! Todos os fiéis, seja qual for o seu estado ou classe, são chamados à plenitude da vida cristã e à perfeição da caridade. “Ou não sabeis que o vosso corpo é templo do Espírito Santo, que habita em vós, o qual recebestes de Deus e que, por isso mesmo, já não vos pertenceis?” (I Coríntios 6,19)
Vamos fazer a evangelização por meio de uma dinâmica que tem como objetivo levar as crianças a trabalharem em grupo, fazendo essa atividade valorizar o corpo que é templo do Espírito Santo.
Material: 2 folhas de papel para cada participante, canetas hidrocor, fita adesiva, cola e tesoura.
Cada membro do grupo deve desenhar em uma folha de papel uma parte do corpo humano, sem que os outros saibam. Após todos terem desenhado, pedir que tentem montar um boneco ( na certa não vão conseguir pois, Terão vários olhos e nenhuma boca… ). Em seguida, em outra folha de papel, pedir novamente que desenhem as partes do corpo humano (só que dessa vez em grupo) Eles devem se organizar, combinando qual parte cada um deve desenhar. Em seguida, após desenharem, devem montar o boneco. Terminada a montagem, cada membro deve refletir e falar sobre como foi montar o boneco.
Qual a importância de cada parte do corpo, conduzir um momento de oração agradecendo a Deus pelos membros do nosso corpo. Cada um pode rezar em voz alta agradecendo a parte do corpo que desenhou… por exemplo: Obrigado Jesus pela minha boca, pois com ela posso me comunicar…
LOUVOR: Coloque as crianças em círculo e posicione-as como se fosse brincar de uni-duni-tê, louve a Deus por alguma parte do corpo, aquela que é muito importante a você.
ATIVIDADE:


ORAÇÃO FINAL: Agradeça ao Papai do céu por não nos deixar só, por deixar o Espírito Santo como nosso guia, consolador, que habita em cada um de nós.

Um comentário:

  1. A unidade que o Espirito de Deus nos traz é a melhor receita pra fazermos um futuro melhor, não importa a placa da igreja, nosso Deus é 1 só! Glória a Deus, que a Graça e a Paz de Nosso Senhor Jesus estejam sempre com Todos!

    ResponderExcluir

DEIXE AQUI SEU RECADINHO