domingo, 22 de setembro de 2013

Seminário de Vida no Espírito Santo - Tema 7: Cura Interior

Tema 7: Cura Interior
Reflexão para os Evangelizadores
O encontro de cura interior com as crianças não é algo estrondoso e difícil de ser realizado. Não criem ilusões sobre falar de cura com elas. Não é pra servo ficar colocando as mãos sobre as cabeças das crianças e rezando como se fossem realizar um milagre por suas mãos. A cura é realizada pelo amor, pelo perdão, pela reconciliação. Quando amamos somos curados. A cura vai sendo realizada desde a acolhida no encontro até terminar na atividade. Prepare-se, ore, faça jejum e intercessão pelo encontro e se abra a ação do Espírito  Santo, ele deverá conduzir o encontro e principalmente a pregação. No evangelho de Lucas 15,1-32 percebemos diversas formas de cura no amor: “ se um de vós tem cem ovelhas e perde uma, não deixa as noventa e nove no deserto e vai atrás daquela que se perdeu, até encontrá-la? Quando a encontra coloca-a nos ombros com alegria e, chegando em casa, reúne os amigos e vizinhos para alegrar-se contigo” Podemos ainda se lembrar do filho pródigo, da alegria do pai quando reencontra o filho. O encontro de cura interior deve levar a criança a se encontrar com Deus, a sentir-se amada, a sentir-se querida e especial. Assim seu coração será curado. Enquanto escrevo essas palavras para ajudar vocês, meus olhos se enchem de lágrimas e meu coração bate forte em meu peito. Cada um de nós deve se sentir primeiramente amado por Deus. Como me sinto amada quando sei que sou essa ovelhinha que o Senhor encontra e põe nos ombros pra levar pra casa. Esta é sua missão para este encontro: fazer com que cada criança sinta-se amada e querida por Deus e ainda que ela consiga compreender que estando no colo do pai, tudo será mais fácil.
ACOLHIDA
Prepare a sala, não coloque cadeiras neste dia, vamos nos deitar no chão no momento da reflexão da pregação. Acolha as crianças com alegria, lembre-se seu corpo fala mais do que palavras e por isso as crianças precisam ver em você uma alegria que vem de Deus. Estar disposto, alegre faz com que as crianças se sintam a vontade. Cante a música “Boa noite como vai você”, para que elas se toquem e se cumprimentem.
PREGAÇÃO
(preparar lâminas ou figuras de Jesus com crianças de todos os tipos: meninos, meninas, branco, negro, coração com faixas de machucado para que o pregador possa arrancar os machucados, levar um fantoche que represente uma menina da história e muitos brinquedos (você pode substituir os brinquedos que estão descritos na pregação pelos que você conseguir); levar um brinquedo sem braço (uma boneca ou boneco) e uma fita pra colar o braço na hora da pregação. O pregador deve usar uma vestimenta clara, confortável, que traga paz e não agitação as 
crianças.
SUGESTÃO: roupa branca como um anjo, vestido de uma única cor. No momento da pregação, evitar os macacões coloridos).
Dica: o TNT ou não tecido mais popularmente conhecido custa R$2,00 o metro, com ele você consegue fazer uma túnica branca para este momento e outros que você precise encenar com roupa de anjo.

Pregador: Olá! Tudo bem com vocês? Hoje vim contar uma história muito especial. Era uma vez uma menina (usar o fantoche de menina), bonita e muito esperta, a Júlia. Ela tinha muitos brinquedos e gostava de cada um deles, porque sabia que cada um era importante e especial. Tem algum brinquedo igual aqui? Não. Qual será que ela gosta mais? O que vocês acham? Deixa-me contar a história desse aqui. Um ursinho lindo não é? Pois é Júlia ganhou esse ursinho de uma amiguinha. Sua família ia se mudar e ela pra não ficar com saudades da amiga deu um presentinho pra ela e ganhou esse ursinho. Toda vez que ela brinca com ele ela se lembra da sua melhor amiga. Ah! E essa bonequinha de pano... Sua avó mesmo quem fez. Passou noites e noites acordada, costurando colando os olhinhos... Sua avó era caprichosa. Sabem essa daqui? Sua mãe

lhe deu no dia que sua irmãzinha nasceu e disse: Eu e você agora temos mais um bebê pra cuidar. Você me ajuda? Assim cada brinquedo é especial. Dois dias foram muito tristes para Júlia. Um dia sua boneca se quebrou e seu pai tinha lhe dado com muito esforço do seu trabalho. Sua mãe queria jogar a boneca fora, mas Júlia tratou de dar um jeito. Colou com fita sua boneca e remendou os pedaços, mas ela era importante. Outra vez foi quando seu urso de dormir sumiu. Ela chorou muito pois não conseguia encontrá-lo. Passou dois dias que não tinha nem vontade de comer. Sua mãe o encontrou caído atrás do armário e Júlia fez uma grande festa.

Deus é assim conosco. Ele nos ama com amor sem fim. Desde que somos sonhados por Ele, ele já põe em nós gotinhas do seu amor. Olha pra quem está do seu lado. Tem alguém igual a você? Não porque Deus fez cada um com um detalhe diferente, como sua
verdadeira obra prima. Assim como os brinquedos, somos nós. Cada um tem uma história. Alguns foram sonhados desde que seus pais ainda eram crianças, outros vieram de surpresa, mas foram bem recebidos, outros Deus escolheu um lar diferente daquele em que ele foi gerado. Fecha seus olhos. Eu te convido a passear com Deus em sua história. Tive uma idéia! Vamos nos deitar no chão? Isso, agora sim, fechem seus olhos e fiquem bem confortáveis... Desde sua concepção, lá na barriguinha da mamãe. Deus tocava em você, te fazia cosquinha e você se mexia tanto. Sabem crianças, ainda dentro da barriga da mamãe os bebês escutam tudo o que é dito aqui de fora, por isso, as vezes alguns bebês escutam já na barriguinha da mamãe muitas coisas feias, então vamos pedir para Jesus tirar do nosso pensamento palavras que ouvimos e que não agradaram a Deus... Repitam comigo: Jesus, limpa todas as palavras feias da minha memória e coloca nela apenas boas lembranças... Agora, vamos pensar em alguma bronca ou alguma coisa
que o papai, a mamãe ou outro parente nos fez e que nós também entendemos que não agradou a Deus e ainda deixou uma feridinha no nosso coração... Encontrou algo? Muito bem chegou o momento de tirarmos isso das nossas lembranças e de entrega-las a Jesus, Ele saberá o que fazer com elas, fique de olhos fechados coloque a mão na sua cabecinha e como se estivesse tirando da sua cabeça estas lembranças estenda as mãos bem alto e diz: toma Jesus estas lembranças que não me fazem feliz!  Por fim,  pense em sua casa, nos seus pais e veja como Deus foi bom com você, porque outro pai não te amaria mais do que o que você tem. Abra seus olhos. Somos importantes pra Deus. Se estamos feridos, Deus quer nos curar, passar seu melhor remédio. Se estamos como aquele boneco perdido. Deus nos hoje quer nos encontrar. Porque a maior alegria de Deus é quando um filho amado seu está perto dele, no seu colo, no seu abraço e no seu coração. Você quer receber um abraço de Deus? Então feche os olhos. Imagine ele em sua frente. Ele está sorrindo e abrindo os braços para receber seu abraço. Abrace-o, deite em seu colo. Sinta seu carinho (durante todo esse momento pode-se estar solando um instumento musical bem baixinho e os servos e o  pregador pode tocar nas crianças, ir abraçando, fazendo um carinho, o sinal da cruz na testa delas... deixe o Espírito Santo agir em você). Agora abram os olhos, o coração de Jesus está aberto pra você. Você quer entrar? Essa é sua casa. (preparar um túnel de tecido por onde as crianças passarão por dentro). Conduzir o coração de Jesus.
ATENÇÃO: Ao final da pregação pode haver um momento de partilha, onde as crianças podem falar o que sentiram.
LOUVOR
Você na sua infância já brincou de unidunitê? Então sentem se em roda e coloque as mãos das crianças uma por baixo e a outra por cima dos coleguinhas ao lado. Comece por você. Louve a Deus por algo que ele fez, faz ou pelo que Ele ainda vai fazer em sua vida. Lembre-se do tema, cura interior, para que em seu louvor você cite algo que Deus fez, faz ou vai fazer por você. Exemplo: “ Senhor eu te louvo porque com seu amor me ensina a ser paciente”.




ATIVIDADE
Sugestão 1: Fazer um coração bem grande. Cada criança deverá fazer desenhos ou escrever o que mais
lhe chamou atenção e colar no coração de Jesus ou de Deus pai. Esses registros ficam com os servos para rezarem e interpretarem os testemunhos por meio deles. Este momento pode também ser conduzido como um louvor.











Sugestão 2: Levar uma folha branca para as crianças recortarem e colarem os bonecos abaixo. Levar papéis ou tecido coloridos. Montar os bonecos (meninas fazem meninas e meninos fazem meninos). Cada criança deverá produzir a roupinha de seu boneco com os papéis ou tecidos coloridos.

2 comentários:

  1. Blog maravilhoso!!
    O caminho de Deus é perfeito, e a palavra do SENHOR refinada; e é o escudo de todos os que nele confiam. (2 samuel 22:31)
    Venha nos visitar:
    http://botefeamor.blogspot.com.br/
    Abraços Fraternos

    ResponderExcluir
  2. Lindo, lindo.
    Vou tentar pegar todos os encontros e fazer com minhas crianças.
    Grande abraço.
    Luciana Dias

    ResponderExcluir

DEIXE AQUI SEU RECADINHO