sexta-feira, 14 de agosto de 2009

TEATRO SÃO FRANCISCO ASSIS

HISTÓRIA DE SÃO FRANCISCO DE ASSIS
SUGESTÃO: Joyce Valadão

Ao utilizar o boneco para evangelizar as crianças, pode-se fazer um teatro entre evangelizador e boneco, no qual um pergunta e o outro responde. Outra idéia é alguém se vestir de São Francisco.

EVANGELIZADOR: Oi, crianças! Hoje eu trouxe um convidado muito especial que veio falar um pouquinho da sua vida. Digam “olá” para o nosso amigo São Francisco de Assis!
SÃO FRANCISCO: Olá povinho de Deus!! É muito bom ver todos vocês! Papai do Céu está muito feliz em saber que vocês vieram hoje para conhecer as minhas aventuras!
EVANGELIZADOR: É verdade, crianças! São Francisco tem um montão de coisas legais para contar.
SÃO FRANCISCO: É sim. Vocês sabiam que o meu nome verdadeiro é Giovani di Pietri? Quem me deu o nome Francisco foram meus amigos porque eu era miudinho, fraquinho e morava na França. Francisco quer dizer “pequeno francês”. Aí, como a minha cidade se chamava Assis, fiquei conhecido como Francisco de Assis.
EVANGELIZADOR: Mas você era muito pobre?
SÃO FRANCISCO: Que nada! Meu pai era rico, muito rico. Tinha comida à vontade. O que eu quisesse, era só pedir! Chocolate, sorvete, pizza, batata-frita, tudo!! Mas eu não era feliz. Eu tinha comida, mas sabia que muita gente não tinha. Tanta gente passava fome, não tinha roupas legais, não tinha dinheiro... Não era justo!
EVANGELIZADOR: Mas e aí? Você fazia o quê?
SÃO FRANCISCO: Eu dividia o que eu tinha! Ajudava quem precisava. Deus me ensinou que ajudar que tinha fome era bom.
EVANGELIZADOR: E seus pais? Concordaram com isso?
SÃO FRANCISCO: Meu pai ficou muito bravo! Achou que eu tava maluquinho, doido, completamente pirado! Ele não entendeu o quanto me fazia bem ajudar os outros. Aí, eu resolvi sair de casa para poder ficar perto de quem precisava de mim. Comecei a trabalhar e com o dinheiro que eu ganhava cuidava das pessoas doentes. Isso me deixava feliz, muito feliz!
EVANGELIZADOR: Mas, São Francisco, como você resolveu ser padre?
SÃO FRANCISCO: Aconteceu assim: um dia eu sonhei com Deus e Ele me pedia para trabalhar para Ele. Fiquei com muito medo, mas confiei no Papai do Céu. Ele me disse assim:
“_ Francisco, arruma e cuida da minha igreja!”
Quando Deus me disse isso, crianças!, as minhas pernas ficaram tremendo, eu fiquei espantado: Papai do Céu queria que eu cuidasse das coisas dele!! Chick, né !?
EVANGELIZADOR: Mas, São Francisco, você continuou pedindo dinheiro para seu pai: você ainda vivia como um rapaz rico:
SÃO FRANCISCO: Não, tia (nome da evangelizadora). Quando Deus me deu a missão de cuidar das coisas Dele, eu fiz voto de pobreza! Vocês sabem o que é isso, crianças? Eu resolvi não ter dinheiro algum; eu só comprava o que precisava para sobreviver. Vocês estão vendo este cordão na minha cintura? É ele que mostra a vocês como eu vivia. Estes nós indicam: castidade, obediência e pobreza. Castidade significa não me casar nunca, viver só para Deus; obediência para servir a Deus, fazendo todas as vontades Dele e pobreza significa só ter o que for necessário.
EVANGELIZADOR: São Francisco, eu fiquei sabendo que você tem uns machucadinhos nas mãos e nos pés. O que aconteceu?
SÃO FRANCISCO: Isso não é machucado, não! É o símbolo de amor de Deus por mim e pelos outros. Jesus morreu na cruz e suas mãos e seus pés tiveram ferimentos. Para algumas pessoas, Deus permite que estas feridas apareçam no seu corpo, como prova do Seu amor imenso por todos nós!
EVANGELIZADOR: Mas não dói nem um pouquinho??
SÃO FRANCISCO: Hahahaha. Não dói não. A dor não é maior do que minha fé por Deus! Quando elas começam a doer, eu lembro como Jesus foi bondoso morrendo na cruz por todos nós e me orgulho de ter suas marcas em mim. Aí, a dor sai rapidinho, rapidinho...
EVANGELIZADOR: Nossa, que bonito! Ah, mudando de assunto, eu fiquei sabendo que o senhor é o protetor dos animais. Isso é verdade?
SÃO FRANCISCO: É sim. Os animais são nossos irmãos. Devemos respeita-los e admira-los.
EVANGELIZADOR: Que história é aquela das pombinhas? Eu ouvi dizer que você conversa com elas!
SÃO FRANCISCO: Aconteceu assim: eu estava fazendo uma palestra sobre o amor de Deus num lugar onde tinha um montão de pombinhas. Mas elas faziam tanto barulho que ninguém escutava o que eu falava. Aí eu me virei para elas e disse:
_Queridas pombinhas, eu sei que vocês já conhecem o amor maravilhoso de Deus por nós e fazem festa por isso, mas estas pessoas também gostariam de conhecer e sentir o amor de Deus. eu poderia pedir que vocês se acalmassem só por um tempinho?
Então, elas pararam de fazer barulho e as pessoas conseguiram ouvir sobre o amor de Deus.
EVANGELIZADOR: Uau!! Que legal! Eu adorei esta história!
SÃO FRANCISCO: Que bom! É um enorme prazer estar aqui! Mas agora eu tenho que ir. Papai do Céu precisa que eu cuide de uns assuntos para Ele. Crianças, fiquem com Deus e lembrem-se:
PAPAI DO CÉU É O MAIOR E MELHOR AMOR DO MUNDO!!

3 comentários:

  1. Joyce que linda a sua hisória, sentimos sua falta.. beijos

    ResponderExcluir
  2. olha que legal tava aki procurando uma sugestão de como me vestir para a festa das crianças amanha na minha igreja ai vi que vcs são aki de udi que legal vcs estão convidados para estarem amanha as 13:00 da tarde na igreja luz para os povos é atras do praia vai ter algodão doce , pipoca, bala, pula pula , teatro , dança vai ser uma benção ve se da pra vir espero vcs lá um abraço Regiane

    ResponderExcluir

DEIXE AQUI SEU RECADINHO